ALIMENTOS FUNCIONAIS

Cinco alimentos para estimular a memória e a concentração
10 de junho de 2017
História do Santuário da Lapa
31 de julho de 2017

Como dizia Hipócrates há mais de 2500 anos, “que o teu alimento seja teu medicamento, e seu medicamento o teu alimento”. Dentro desse mundo de alimentos existem os considerados funcionais, que além de fornecer energia para o corpo e uma nutrição adequada, produzem outros efeitos que proporcionam diversos benefícios à saúde, auxiliando na redução e prevenção de diversas doenças.

A Nutrição funcional relaciona os sinais, sintomas e características de cada paciente a situações de carência ou excesso de determinados nutrientes.  Atualmente os nutricionistas vêm utilizando as propriedades dos alimentos funcionais para elaborar cardápios individualizados, contribuindo para a prevenção e tratamento de distúrbios como a obesidade, diabetes, câncer, envelhecimento, osteoporose, doenças cardiovasculares, dentre muitas outras.

Alguns alimentos funcionais:

AVEIA – ajuda a diminuir o colesterol “ruim” o LDL, melhorar a prisão de ventre (fator de risco para câncer de intestino);

ALHO – ajuda no controle da pressão arterial, na redução do colesterol “ruim” LDL e a aumentar o colesterol “bom” HDL; pesquisas indicam que pode ajudar na prevenção de tumores malignos;

AZEITE DE OLIVA – contribui para redução do colesterol “ruim” LDL; a troca da margarina ou manteiga por azeite de oliva reduz em até 40% o risco de doença cardíaca;

CASTANHA DO PARÁ – auxilia na prevenção de doenças cardíacas e contribui para o controle da ansiedade;

CHÁ VERDE – ajuda a reduzir o risco de câncer maligno, além de retardar o envelhecimento; estudos indicam também que pode reduzir o risco de doenças cardíacas, prevenir pedras nos rins; e auxiliar no tratamento da obesidade;

FRUTAS E VERDURAS – previnem diversos tipos de câncer , auxilia na redução de doenças cardíacas e da pressão arterial, além de prevenir diversas doenças, como a catarata;

PEIXES – ricos em ômega 3, previnem infartos e derrames, reduz dores de artrite, melhora estados de depressão e protegem o cérebro contra doenças como o Mal de Alzheimer (frituras e moquecas inativam o efeito protetor);

SOJA – ajuda a melhorar o trânsito intestinal, reduz o risco de doenças cardiovasculares, ajuda a amenizar alguns sintomas da menopausa e a prevenir o câncer de mama;

Estes são só alguns dos alimentos considerados funcionais, lembrando que aqui não são relatadas quantidades, então cuidado com o uso excessivo.  A introdução destes ao plano alimentar diário vem sendo amplamente utilizada, pois estes vêm se mostrando como agentes importantes na prevenção e tratamento de muitas doenças. Portanto inclua-os em  alimentação diária, trazendo diversos benefícios para a sua saúde hoje, e principalmente no futuro.

Procure desde já um Nutricionista e conheça melhor as vantagens e quantidades ideais para o consumo dos ALIMENTOS FUNCIONAIS.

CUIDE-SE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *