Aberto oficialmente o Carnaval da Bahia com violência zero e satisfação dez.

Os dados são dos foliões e turistas que passaram os cinco dias de folia momesca antecipada na Capital Baiana da Fé e da Fruta, cuja tendência é mostrar com toda a criatividade possível as novidades que surgirão no carnaval da Bahia, tanto nas oferecidas pela administração municipal, quanto as coletadas dos turistas e visitantes que se apresentam, sugerem e opinam sobre a organização.

Assim foi o LAPAFOLIA, que de 28 de janeiro a 01 de fevereiro deixou-se prevalecer as determinações do prefeito Eures Ribeiro em relação à oferta do bom espetáculo ao ar livre, a harmonia, principalmente à segurança do público, segundo os dados das Polícias Civil e Militar, registrando em cinco dias de festas zero em violência, exceto pequenas ocorrências.

O bioquímico e professor Geraldo Magela Porto, ponderou as falácias oposicionistas, pois acompanhado da esposa a professora Alípia, dizendo que: – “quem já esteve no poder ou ensejou estar, nessas oportunidades em que a administração do prefeito Eures, está dando certo, surgem coisas desse tipo. Importa, porém é a responsabilidade social, como a lição que o prefeito Eures está conduzindo: agradando.”

A professora foi taxativa, – “nota dez para a organização, é a voz geral.” Disse ela. A estudante e bancária, lapense Tainara Lemos já quer que haja melhoras no quesito camarotes. – “Todas as bandas precisam se apresentar, ganhar dinheiro, logo ela vêm  agradam..O Lapa folia é demais, bom demais.” Disse.

Tudo relacionado ao carnaval temporão de Bom Jesus da Lapa é fácil de ver no site da ASCOM / PMBJL.

Por: Ispedito Nunes de Oliveira.